Amido de milho pregelatinizado como EXCIPIENTE MAGISTRAL

Por: Jorge Sassone- PROQUIMO PhD Chemistry / fev 2012.

AMIDO DE MILHO COMUM USP:
O amido de milho comum USP é um polímero natural constituído
de dois polissacarídeos com estrutura química baseada em alfa D
glicosa :
Amilosa, polissacarídeo linear composto de uniões alfa glicosidicas
1-4; e Amilopectina, polissacarídeo linear composto de Alfa
glicosidicass 1-4, com ramificações por união 1-6. O amido de
milho apresenta os dois polímeros fisicamente unidos e não
livres.
Sua formula molecular é ( C6H10O5)n, onde n = 50.000 – 160.000.
Devido as uniões alfa glicosídicas, o amido de milho é absorvido
no trato gastrointestinal humano por previa hidrolises ate
alfa D glicosa através da enzima alfa- D glicosidasa. Isso é
muito importante na consideração da biodisponibilidade /
bioequivalencia de determinada formulação.
A relação Amilosa / Amilopectina no amido de milho comum USP
é aproximadamente 27 %/73 %.
Obtenção:
O amido de milho comum é extraído da planta de milho através
de moagem, repetidos lavados, filtração úmida e separação por
centrifugação. A massa úmida assim obtida, logo é secada e moída
resultando um pó branco, muito fino, inodoro, de grânulos muito
pequenos esféricos ou ovóides com diâmetro variável na faixa
2-30 micras, e tamanho de partícula médio de 17 micras, com
densidade bulk de 0,46 g/ml. Esses grânulos são muito coesivos
pelo que resulta um péssimo fluxo. O pH em água é de 4,5-7,0 e
contem uma umidade menor ou igual a 15 %.

AMIDO DE MILHO PREGELATINIZADO:

E um amido de milho modificado de modo a produzir uma ruptura
total ou parcial dos grânulos ovóides do amido comum USP.
Dita modificação pode ser química e/ou mecânica, de modo que
durante a mesma parte do amido resulta hidrolisado. Assim a
constituição típica do amido de milho pregelatinizado é :

Amilosa livre: 5 %

Amilopectina livre: 15 %

Amido comum, não modificado: 80 %

Obtenção:

Amido de milho totalmente pregelatinizado:

Uma suspensão aquosa de amido comum ao 40 % espalha-se em
tambores aquecidos a 80-90 C onde ele primeiro gelatiniza, e logo
é secado ate umidade residual especificada menor que 15 %.

Amido parcialmente pregelatinizado:

O amido comum é umedecido ate 30 % de umidade e logo
submetido a pressão mecânica com subseqüente secagem ate
umidade residual menor que 15 %.

Nessa forma obtém- se um pó branco duro, moderadamente fino
de partículas irregulares e porosas, não coesivas, com tamanho de
partículas na faixa 30-150 micras, e diámetro médio de 55 micras,
facilmente floavel de densidade bulk de 0,60 g/ml.

Assim, o amido de milho pregelatinizado é muito mais apropriado,
eficaz, pratico e seguro no processo de manipulação magistral
por via seca, onde o fluxo é uma propriedade importantíssima
nos excipientes, necessária para conseguir uma distribuição mais
homogênea do API, o qual fica absorvido nos poros deste material
em cada movimento mecânico de mistura.

USO EM FORMULAÇÃO DE CAPSULAS:

Diluente : 5-75 %

Desintegrante: 5-10 %

O uso como aglutinante na formulação de capsulas magistrais
não tem lugar porque não há compressão, e também não há
manipulação por via úmida.

Propriedades do Amido de milho pregelatinizado:
- Debilmente solúvel em água fria, dependendo o grau de
pregelatinização.
- Praticamente insolúvel em solventes orgânicos.
- pH dispersão 10 % em água: 4,5-7,0
- Tamanho de partículas porosas irregulares: 30-150 micras, com
diâmetro médio 55 micras.
- Boa densidade para mistura seca: 0,60 g/ml. Se buscamos maior
densidade e melhorar ainda mais o fluxo, o usamos misturado com
Lactose SD ou Fosfato dibasico de cálcio, ambos mais densos e de
melhor fluxo ainda.
- Apresenta incompatibilidade com API´s sensíveis a umidade
e com outros cujas causas ainda não são conhecidas. Existem
alguns API´s com função amina primaria que reagem em alguma
extensão com o grupo aldeído extremo do polímero de Celulose. O
problema da elevada umidade do amido de milho pregelatinizado
pode se resolver usando 2- 3 % de Dioxido de silício coloidal na
formula.
- Absorve-se sistemicamente devido aos enlaces alfa D
glicosídicos.

Exemplos de produtos comerciais são:

Lycatab PGS; Merigel; Pharmagel; Starch 1500; Unipur WG220,
Spress B820 .
Existe no mercado um amido de milho pregelatinizado “baixa
umidade” chamado Starch 1500 LM ( Colorcon), especialmente
desenvolvido para uso como diluente para capsulas; ele contem
como Maximo 7 % de umidade residual.

----------------------------------------------------------------

Referencias:

1.- Farmacia Magistral, curso intensive de farmacotecnica
moderna para solidos; 2011, Sassone Jorge.
2.- Starch , Starch pregelatinized in Handbook of Pharmaceutical
Excipients., 15th ed, PhP, Raymond C Rowe, Paul J Sheskey, Sian C
Owen .
3.-Tecnologia farmaceutica, Vol II, Formas Farmaceuticas, ed
Sintesis S.A., Madrid, 2001
4.- Pharmaceutical Manufacturing, Oral solid dosage forms, in
Remington, The Science and Practice of Pharmacy, 20 th ed, 2000